Automação & Sociedade: Quarta Revolução Industrial, um olhar para o Brasil

Esta obra, “Automação & Sociedade – Quarta Revolução Industrial, um olhar para o Brasil”, evita tanto utopias como distopias a respeito da brutal transformação em todos os modelos de negócios, privados ou públicos, que estão de pernas para o ar devido à revolução digital e cognitiva. Ela reconhece que a velocidade e a abrangência setorial das transformações não permitem subestimação dos seus impactos, sejam eles positivos ou negativos sobre a sociedade. Trata com a mais absoluta franqueza dos dilemas que estão colocados para a sociedade e para o Brasil em particular.

De: R$ 160,00Por: R$ 119,90

Preço a vista: R$ 119,90

Economia de R$ 40,10

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 119,90
Outras formas de pagamento

Quem viu este produto , comprou

  • Aprendizado de Máquina Para Leigos

    Parece um pouco assustador, mas o aprendizado de máquina é uma maneira nova e empolgante de ensinar seu computador a executar todos os tipos de tarefas úteis e importantes. Este livro é a maneira fácil de saber tudo a respeito. Ele explica como começar, contém discussões detalhadas sobre o funcionamento dos algoritmos básicos, utiliza linguagens como Python e R para tornar o aprendizado de máquina possível, especifica como fazer coisas práticas usando algoritmos comuns e muito mais! ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Investigação Criminal Tecnológica - Volume 2

    O volume 2 oferece informações sintéticas sobre inteligência de Estado e Segurança Pública, incluindo informações sobre a história da inteligência no Brasil e no mundo, conceitos relacionados com Inteligência, Contrainteligência, Elemento Operacional, Doutrina Nacional de Inteligência de Segurança Pública, Metodologia da Produção do Conhecimento e Análise de Vínculos, técnicas de investigação, Recognição Visuográfica do Local do Crime, fontes abertas para o combate à corrupção, drones na segurança pública, equipamentos eletrônicos, além das leis brasileiras que tratam da investigação criminal e da inteligência (conforme edital do concurso da Abin). ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Formatos de Arquivos da Internet - Guia de Consulta Rápida

    Este livro é uma referência sobre os formatos de arquivos mais comuns encontrados na Internet e quais programas podem ser usados para abrir, criar e editar esses arquivos. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Investigação Criminal Tecnológica - Volume 1

    Livro Investigação Criminal Tecnológica Volume 1: contém modelos de representações e requisições, além de procedimentos para investigação em fontes abertas ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Tecnologias Inovadoras e Expansão da Consciência

    As tecnologias tratadas neste livro permitem variadas composições no sentido de suas utilizações. Porém, utilizá-las efetivamente exige novas visões de mundo. Aplicação de novas e complexas tecnologias, estruturadas e promotoras de novas estruturações estabelecem novas matrizes de procedimentos e de custos nos processos de fazer cujos entendimentos, à luz dos novos paradigmas que emergem, exigem novas percepções. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • A Arte da Eletrônica - Circuitos Eletrônicos e Microeletrônica - 3ª Edição

    Depois de 25 anos, sai a nova edição de um dos mais importantes livros de eletrônica do mundo. Pela primeira vez em português, A Arte da Eletrônica consegue a proeza de levar o estudante a entender o funcionamento dos circuitos eletrônicos sem uma abordagem à matemática avançada. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • CMMI - Integração dos Modelos de Capacitação e Maturidade de Sistemas

    Cada vez mais o software se faz onipresente em celulares, automóveis, eletrodomésticos, automação industrial, medicina etc. Logo, deve ser desenvolvido dentro do prazo, com qualidade, orçamentos confiáveis e destaque em relação à concorrência. Neste contexto foram desenvolvidos modelos de qualidade dos quais destacamos o CMMI. Trata-se de um importante selo de qualidade para competir no mercado nacional e internacional. CMMI não é uma técnica, não é uma metodologia e não é um processo apenas. É um modelo de referência de melhores práticas e habilidade de gerenciar o desenvolvimento, a aquisição e a manutenção de produtos e serviços. Organiza práticas comprovadamente efetivas, em uma estrutura para a organização estabelecer prioridades. É considerado o principal indicador de qualidade de software no mundo, e adotado com êxito em praticamente todos os setores da indústria. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Projetando Web Áudio ( O Reilly)

    Projetando Web Audio fornece as ferramentas e pespectivas para criar novas experiências com som para o usuário. Mostra não apenas como acrescentar áudio estático , streaming e interativo a seu site na rede, mas também como produzir, gravar e integrar múltiplos componentes de áudio numa envolvente trilha sonora. Este livro inclui instruções passo a passo sobre com construir páginas multimídia na rede usando os formatos mais populares de áudio . Também inclui extensas teoria básica sobre áudio digital e ondas sonoras, dicas e técnicas práticas para gravar e editar áudio para internet, além de um valioso guia do consumidor para montar um eficiente estúdio de gravação. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Desvendando a Computação Forense

    Neste livro, os Peritos Criminais Federais, Pedro Monteiro da Silva Eleutério e Marcio Pereira Machado, ensinam os conceitos, procedimentos e técnicas fundamentais nesta novíssima, intrigante e multidisciplinar área da computação, que é a Computação Forense. Utilizando uma linguagem simples e objetiva, os autores definem e detalham os tipos de exames periciais mais comuns em informática, incluindo exemplos de ferramentas que podem ser utilizadas e dicas práticas para a superação dos desafios presentes nessa área. A obra aborda as fases executadas durante esses exames, incluindo a correta preservação, coleta, análise e apresentação das evidências digitais com validade probatória em juízo. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • BLOCKCHAIN e Distributed Ledger Technologies (DLTS) - Desafios e Oportunidades

    O projeto de digitalização da moeda soberana de uma nação é um esforço que exige a identificação e comunicação dos benefícios tangíveis da iniciativa, por causa do seu elevado impacto no dia a dia das pessoas. A principal consequência do processo de desmaterialização da moeda é a criação da plataforma “Banco como um Serviço” (Bank as a Service – BaaS). ... Ler mais +

    QUERO VER

Quem viu este produto , também se interessou

  • Como usar uma protoboard

    Uma protoboard é uma base plástica usada para construir circuitos. Os furos na parte superior da protoboard dão acesso a grampos nas faixas metálicas que conduzem a corrente elétrica. Ao inserir fios e componentes eletrônicos nos furos, é possível construir uma variedade infinita de circuitos. E, uma vez que a protoboard não usa solda, você pode, com facilidade, mover os componentes ou mesmo desfazer completamente o circuito e reutilizar sua protoboard para construir um novo circuito. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Lógica de Programação e Algoritmos com JavaScript: Uma introdução à programação de computadores com exemplos e exercícios para iniciantes

    Os conteúdos abordados em Lógica de Programação e Algoritmos são fundamentais a todos aqueles que desejam ingressar no universo da Programação de Computadores. Esses conteúdos, no geral, impõem algumas dificuldades aos iniciantes. Neste livro, o autor utiliza sua experiência de mais de 15 anos em lecionar a disciplina de Algoritmos em cursos de graduação, para trabalhar o assunto passo a passo. Cada capítulo foi cuidadosamente planejado a fim de evitar a sobrecarga de informações ao leitor, com exemplos e exercícios de fixação para cada assunto. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Gestão Visual de Projetos: utilizando a informação para inovar

    Gestão Visual de Projetos é uma proposta que busca evitar desperdício de dinheiro, tempo e energia em reuniões improdutivas, relatórios intermináveis, burocracia desnecessária, processos e projetos confusos... Se você e sua equipe precisam evitar tudo isso e ao mesmo tempo almejam desenvolver soluções inovadoras, vocês precisam conhecer Lemming! Podemos antecipar que Lemming é uma proposta que visa disseminar princípios, processos e ferramentas que preconizem a visualização de informações e o pensamento visual para promover a inovação no Processo de Desenvolvimento de Projetos (PDP). ... Ler mais +

    QUERO VER
  • UML 2 - Uma Abordagem Prática - 3ª Edição

    A UML – Unified Modeling Language ou Linguagem de Modelagem Unificada – é uma linguagem utilizada para modelar softwares baseados no paradigma de orientação a objetos, aplicada principalmente durante as fases de análise de requisitos e projeto de software. Essa linguagem consagrou-se como a linguagem-padrão de modelagem adotada internacionalmente pela indústria de Engenharia de Software, havendo um amplo mercado para profissionais que a dominem. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Explicando Física e Química

    Neste livro, assuntos básicos da Física e Química são apresentados de modo direto, o que permite a compreensão dos temas e a aplicação de conceitos. “Explicando Física e Química” é um livro de fácil leitura e que apresenta, de forma simples, 25 tópicos de Ciências. Para facilitar o entendimento, são utilizados recursos de imagens, como figuras, esquemas e gráficos. São abordados conceitos como força, leis de Newton, gravitação, teoria da Relatividade, estrutura atômica, íons, ligações químicas, estequiometria, Química Orgânica, polímeros, estrutura cristalina, nanomateriais, gases perfeitos, eletricidade, eletromagnetismo, radiação e o Big Bang (a grande explosão inicial que deu origem ao universo). ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Foto Falada: Diálogos com Araquém Alcântara

    Araquém Alcântara, o mais importante fotógrafo de natureza do Brasil, conversa nesse Foto Falada com o curador Eder Chiodetto, responsável pela edição de vários de seus livros, sobre imagens marcantes de sua trajetória. O olhar do artista e documentarista revela-se, a cada fotografia comentada, uma convergência entre sabedoria técnica, sensibilidade para compor com a luz e uma infinidade de referências poéticas, ideológicas e filosóficas que pontuam sua premiada produção. Este livro, mais que ensinar fotografia ou os segredos da fotografia de natureza descrevendo técnicas, revela uma linguagem complexa e autoral. Uma linguagem que se desenvolve, principalmente, a partir de um saber multidisciplinar que inclui o conhecimento dos processos físicos e químicos da construção da imagem, da incidência da luz, da história da arte, da sociologia, da filosofia, da história, além de uma percepção apurada e própria do mundo. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Disrupção e Inovação: Como sobreviver ao nosso futuro acelerado

    Em Disrupção e Inovação, Joi Ito e Jeff Howe descrevem essa lógica em nove princípios organizadores para navegar e sobreviver a este período tumultuado. Seja estrategicamente abraçando os riscos em vez de mitigá-los (ou adotando o “risco acima da segurança”), seja buscando inspiração e ideias inovadoras em suas redes existentes (ou apoiar o “puxar acima do empurrar”), esse modelo dinâmico pode ajudá-lo a repensar sua abordagem sobre todas as facetas de sua organização. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Balanced Scorecard e a Gestão Estratégica: Uma abordagem prática

    A estratégia desempenha um importante papel na realização dos objetivos de indivíduos, organizações, instituições e países. Sem uma consistente estratégia empresas e comunidades ficam reféns das circunstâncias, dos ciclos econômicos, dos movimentos competitivos, da limitação de recursos, da falta de imaginação e dos interesses menores de indivíduos e de políticos que não estão comprometidos com a criação de riqueza. Entretanto, o entendimento sobre a estratégia e sua execução não é uma tarefa simples. Isso exige o apoio de metodologias, ferramentas e aprendizado que facilitem seu domínio e aplicação por todos os indivíduos da organização. O Balanced Scorecard foi criado para suprir essa necessidade, e vem se transformando num dos principais sistemas de gestão estratégica da atualidade. Ele tem possibilitado a inúmeras empresas, instituições e governos no Brasil e no mundo todo traduzir suas estratégias competitivas em uma linguagem e em imagens – como o mapa estratégico – de fácil entendimento para a maioria dos colaboradores das organizações. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Negócio Baseado em Projetos (NBP)

    Este livro sugere pensar e implementar o negócio por projetos, que implica em uma nova forma de gerenciar projetos, uma visão que integra os projetos à estratégia da organização. Sugere a utilização de um PMO mais robusto e estratégico, uma gestão dinâmica de projetos e o uso da maturidade como mecanismo natural de melhoria do sistema de gerenciamento de projetos. A gestão dinâmica de projetos soma a visão de simplicidade trazida pelo uso de técnicas baseadas em canvas com técnicas consagradas advindas de boas práticas. Ela torna o negócio baseado em projetos uma realidade. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Marketing para o Terceiro Setor

    O Terceiro Setor evolui no Brasil por meio da presença de entidades de grande porte, com níveis de profissionalismo que se comparam à iniciativa privada, mas, também, pela atuação de pequenas entidades fundadas nos princípios da boa vontade e da caridade, muitas vezes sem uma estrutura adequada. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Descrição
    Automação & Sociedade: Quarta Revolução Industrial, um olhar para o Brasil

    “É impossível ficar indiferente após a leitura de Automação & Sociedade. A ruptura dos velhos paradigmas, proporcionada pela Quarta Revolução Industrial, provoca mudanças que afetam desde o cotidiano do cidadão até o modelo de desenvolvimento das nações.”

    Pedro Passos é empresário, cofundador e membro do conselho de administração da Natura Cosméticos

    “Como diria o célebre poeta e filósofo Paul Valéry, “não se fazem mais futuros como antigamente”. Automação & Sociedade é leitura obrigatória para quem estiver disposto a mergulhar nesse universo fascinante de um futuro que, ironicamente eu diria, já começou faz alguns anos.”

    Octavio de Barros, economista, cofundador da Quantum4 Soluções de Inovação, membro do conselho de empresas e instituições

    “Recentemente um conjunto de novas tecnologias está disponível. A grande diferença é que têm como base tecnologias digitais e destinos claros em termos de aplicações. O bom entendimento dessas tecnologias associado ao profundo conhecimento dos processos e oportunidades do seu negócio oferecem enormes oportunidades de aplicações que podem alavancar a eficiência operacional. Em um mundo cada vez mais competitivo e globalizado a alta eficiência operacional é m diferencial que pode determinar a perpetuidade de uma empresa ou negócio. A EMBRAER procura aplicar e incentivar seus parceiros e fornecedores a entender, desenvolver e aplicar novas tecnologias que proporcionam aumentos significativos de eficiência e eficácia. Aumentar o debate sobre a Quarta Revolução Industrial no país é essencial para todos os setores produtivos da sociedade. A EMBRAER tem ciência da transformação profunda desta revolução e não perderá a oportunidade de ganhar competitividade no cenário internacional. Esta obra por certo é uma excelente ferramenta no entendimento dessa transformação.”

    Antonio João Carmesini Barcellos, Diretor de Engenharia de Manufatura da EMBRAER

    Esta obra, “Automação & Sociedade – Quarta Revolução Industrial, um olhar para o Brasil”, evita tanto utopias como distopias a respeito da brutal transformação em todos os modelos de negócios, privados ou públicos, que estão de pernas para o ar devido à revolução digital e cognitiva. Ela reconhece que a velocidade e a abrangência setorial das transformações não permitem subestimação dos seus impactos, sejam eles positivos ou negativos sobre a sociedade. Trata com a mais absoluta franqueza dos dilemas que estão colocados para a sociedade e para o Brasil em particular.

    Lendo esta excelente obra coletiva, nos damos conta e compreendemos que, muito possivelmente, algumas empresas fracassaram justamente porque, durante décadas, fizeram tudo absolutamente certo diante de uma lógica tradicional, mas, distraidamente, subestimaram as transformações em torno delas. Faltou-lhes visão sistêmica porque consideraram que as transformações seriam lineares como sempre foram.

    Por outro lado, as empresas que avançam vitoriosas nesse novo mundo souberam captar os sinais fracos nos seus radares. Algumas empresas perceberam que, na verdade, esses sinais fracos no radar eram os mais relevantes indicadores de que algo disruptivo estava se aproximando velozmente. Não é demais lembrar que disruptivo é aquilo que muda literalmente as regras de um jogo por vezes jogado de uma mesma forma por décadas. Talvez o mundo já esteja polarizado entre aqueles que abraçam inteligentemente as mudanças e aqueles que simplesmente resistem a elas.

    As empresas, cada vez mais, precisam se transformar em verdadeiras plataformas e os dirigentes necessitam transformar eles mesmos. As empresas mais eficientes estão o tempo todo à caça obcecada de problemas muito mais do que de soluções. Elas sabem que as maiores ameaças poderão vir de concorrentes ainda não identificados. Portanto, são capazes de identificar onde residem os desafios e as oportunidades.

    Hoje podemos retomar e recontextualizar a famosa frase de 1920 do poeta e filósofo Paul Valéry: “O futuro não é mais o que costumava ser”, ou, em uma linguagem mais popular, “não se fazem mais futuros como antigamente”.

    Octavio de Barros, economista, cofundador da Quantum4 Soluções de Inovação e presidente do conselho do Instituto República e membro do conselho de diferentes empresas e instituições.
  • Sobre o Autor
  • Especificação

    Características

    Tipo de LivroLivro Físico

    Especificações

    Sobre o AutorElcio Brito da Silva

    Pós-doutorando na Escola Politécnica da USP.

    Doutor em Ciências pela Escola Politécnica da USP.

    Pesquisador no GAESI/USP.

    Sócio-Diretor da SPI Integração de Sistemas Ltda.

    Membro do Conselho Superior de Inovação e Competitividade (CONIC) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP).
    Informações Técnicas


    PARTE I. A QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E SUAS BASES TECNOLÓGICAS E SOCIOECONÔMICAS

    1. Surge uma Nova Sociedade (Marcos T. J. Barbosa, Marcos Baisso, Marcos T. Almeida)

    1.1. Quarta Revolução Industrial: contexto histórico

    1.2. Quarta Revolução Industrial: mundos digital, físico e biológico

    1.2.1. Mundo digital

    1.2.2. Mundo físico

    1.2.3. Mundo biológico

    1.2.4. Convergência dos mundos digital, físico e biológico

    1.3. Principais impactos da Quarta Revolução Industrial

    1.3.1. Crescimento econômico

    1.3.2. Produtividades das empresas

    1.3.3. Empregos

    1.4. Conclusão

    2. Panorama do Contexto do Início da Jornada na Quarta Revolução Industrial (Mateus Grou, Leandro T. Franz, Tadeu D. Vianna, Gabriela Scur, Alexandre A. Massote)

    2.1. Megatendências: definição e estado atual

    2.2. Quarta Revolução Industrial: o desafio da melhoria da produtividade e da competitividade

    2.3. Quarta Revolução Industrial: o desafio para as nações em desenvolvimento

    2.4. Velocidade: o fator ubíquo

    2.5. Conclusão

    3. Ecoeconomia e a Sociedade da Informação com a Quarta Revolução Industrial (Sergio L. Pereira, Adalberto S. Filho, Fernando M. R. Rodrigues)

    3.1. Processos produtivos, automação e variáveis de sustentabilidade

    3.2. Energia, matriz energética e a Indústria 4.0

    3.2.1. Conceito e tipos de energia

    3.2.2. Energias renováveis e matriz energética

    3.2.3. Eficiência energética e Indústria 4.0

    3.3. Ecoeconomia, sustentabilidade e a automação

    3.4. A sociedade da informação e a Internet das Coisas

    3.5. Conclusões

    PARTE II. TECNOLOGIAS EMERGENTES ASSOCIADAS À QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

    4. Mundo Digital 1: Internet das Coisas (IoT) (João A. Seixas, Maurício Casotti, Rodrigo F. Maia)

    4.1. IoT: contexto histórico

    4.2. IoT: potenciais evoluções na utilização da tecnologia

    4.3. IoT: segurança da tecnologia

    4.4. IoT: um plano de ação para o Brasil

    4.4.1. Oportunidades para a criação de produtos utilizando a tecnologia IoT

    4.4.2. Ambientes de aplicação a serem incentivados no Brasil

    4.5. Conclusão

    5. Mundo Digital 2: Blockchain (Ricardo K. Hanada, Daniela E. Souza, Paulo Machado, Daniel Bio, Rosangela F. P. Marquesone)

    5.1. Blockchain: definições

    5.2. Análise bibliométrica sobre blockchain

    5.3. Exemplos de aplicação do blockchain

    5.4. Desafios

    5.5. Potencial do ponto de interseção do blockchain e da inteligência artificial

    5.6. Conclusão

    6. Mundo Digital 3: Inteligência Artificial (IA) (Luca Gabrielli, Ronaldo B. Silva, Rosangela F. P. Marquesone)

    6.1. Principais conceitos e definições da IA

    6.2. Exemplos dos principais avanços de IA

    6.3. Exemplo dos possíveis impactos da IA nos produtos e serviços

    6.4. Inquietações: Inteligência Artificial no controle

    6.5. Desafios para a evolução da tecnologia

    6.5.1. Custo

    6.5.2. Mão de obra especializada

    6.5.3. Desafios legais e éticos

    6.5.4. Futuro das profissões

    6.6. Conclusão

    7. Mundo Físico (Alex M. Barbosa, Fernanda G. Azevedo, Denis R. Pineda, Júlio T. Cavata, Antonio C. D. Cabral)

    7.1. Novos materiais

    7.2. Baterias

    7.3. Impressão 3D

    7.4. Robótica

    7.4.1. Robôs no ambiente industrial

    7.4.2. Robôs no ambiente de serviços

    7.4.3. Robôs colaborativos

    7.4.4. Robôs humanoides e ciborgues

    7.5. Drones

    7.6. Conclusão

    8. Mundo Biológico (Alfredo Ferraz, Lucas Soares, Gabriela R. Santos)

    8.1. Uma das maiores revoluções da história da humanidade

    8.2. O desenvolvimento e a evolução da biologia sintética

    8.3. Organismos geneticamente modificados e transgênicos

    8.4. CRISPR-Cas9: uma biotecnologia disruptiva

    8.5. O poder da tecnologia CRISPR-Cas9

    8.6. Controle de vetores de doenças

    8.7. Terapia gênica

    8.8. Riscos

    8.9. CRISPR-Cas9 e a competitividade no agronegócio

    8.10. A biotecnologia e a revolução 4.0

    8.11. Reflexões sobre o Brasil

    PARTE III. IMPACTOS DA QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL NA INDÚSTRIA, CADEIA DE FORNECIMENTO, SAÚDE E CIDADES

    9. A Quarta Revolução Industrial e a Indústria 4.0 (José B. Frias Jr., Gracie C. O. M. Giacon, Mauro Mariano, Renato S. Meirelles, Antônio C. Lot, Fabio Lima)

    9.1. A evolução do conceito Indústria 4.0

    9.1.1. Objetos e ambientes ciberfísicos

    9.1.2. Eixos de integração da Indústria 4.0

    9.2. Régua da ACATECH de avaliação de maturidade de desenvolvimento tecnológico

    9.3. A Agricultura 4.0

    9.3.1. A agricultura de precisão

    9.3.2. Fundamentos e necessidades da implantação da Agricultura 4.0

    9.4. Desafios para a adoção da Indústria 4.0 no Brasil

    9.5. Conclusão

    10. A Quarta Revolução Industrial e a Cadeia de Suprimentos 4.0 (Rodrigo Damiano, Rafael S. de Campos, Rosangela F. P. Marquesone, Ari N. R. Costa, Daniel O. Mota)

    10.1. Desenvolvimento do conceito de Cadeia de Suprimentos 4.0

    10.2. Análise das cadeias de suprimentos segundo a ACATECH

    10.2.1. Bloco Digitalização: estágio computadorização

    10.2.2. Bloco Digitalização: conectividade

    10.2.3. Bloco Indústria 4.0: visibilidade

    10.2.4. Bloco Indústria 4.0: transparência

    10.2.5. Bloco Indústria 4.0: capacidade preditiva

    10.2.6. Bloco Indústria 4.0: adaptabilidade

    10.3. Possíveis impactos da convergência das tecnologias emergentes, associadas à Quarta Revolução Industrial, dos mundos físico, biológico e digital nos processos do modelo SCOR

    10.3.1. Possíveis mudanças no planejamento dentro de uma Cadeia de Suprimentos 4.0

    10.3.2. Possíveis mudanças no abastecimento dentro de uma Cadeia de Suprimentos 4.0

    10.3.3. Possíveis mudanças na produção dentro de uma Cadeia de Suprimentos 4.0

    10.3.4. Possíveis mudanças na entrega dentro de uma Cadeia de Suprimentos 4.0

    10.3.5. Possíveis mudanças no retorno dentro de uma Cadeia de Suprimentos 4.0

    10.3.6. Possíveis mudanças na implantação dos processos e atividades dentro de uma Cadeia de Suprimentos 4.0

    10.4. Conclusão

    11. A Quarta Revolução Industrial e a Saúde 4.0 (Patrícia V. Marrone, Marco Bego, Matheus Vieira, Lucas Soares, Anna M. Morais, Beatriz Perondi, Leila S. H. Letaif)

    11.1. Evolução dos conceitos Saúde 4.0

    11.2. Exemplos de adoção das tecnologias emergentes associadas à Quarta Revolução Industrial no setor da saúde

    11.3. Desafios mundiais da Saúde 4.0

    11.4. Hospital 4.0: um moonshot para o Brasil

    11.4.1. Transporte no Hospital 4.0: planejamento

    11.4.2. Transporte no Hospital 4.0: mobilização

    11.4.3. Transporte no Hospital 4.0: execução

    11.4.4. Transporte no Hospital 4.0: encerramento

    11.5. Iniciativas de implantação do Hospital 4.0 no Brasil

    11.6. Conclusão

    12. A Quarta Revolução Industrial e as Cidades 4.0 (Jilmar A. Tatto, Marcel F. Dallaqua, Luiz R. Egreja, Lucas B. Guimarães, Rosangela F. P. Marquesone)

    12.1. Definição de cidade

    12.1.1. Principais sistemas e elementos que formam uma cidade

    12.1.2. Principais desafios e problemas que as cidades tradicionais enfrentem

    12.2. Cidades inteligentes

    12.3. Cidades inteligentes, Indústria 4.0 e Cidades 4.0

    12.4. Conclusão

    PARTE IV. IMPACTOS DA QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL NA INDÚSTRIA, NOS EMPREGOS, NA EDUCAÇÃO E NA INOVAÇÃO

    13. O Desafio dos Empregos na Quarta Revolução Industrial (João Roncati, Mhileizer T. A. Silva, Felipe Madeira)

    13.1. Breve histórico das quatro revoluções industriais

    13.2. Panorama do crescimento econômico e dos empregos nas principais potências econômicas do mundo

    13.3. Empregos 4.0 e realidade brasileira

    13.4. Contribuição dos estudos realizados no Fórum Econômico Mundial

    13.5. A equidade de gênero no mundo STEM (Science, Technology, Engineering, Mathematics)

    13.6. Renda em um mundo sem empregos

    13.7. Como o Brasil pode se preparar para a economia do futuro

    13.8. Conclusão

    14. O Desafio da Educação na Quarta Revolução Industrial (Cely Ades, Conceição A. P. Barbosa)

    14.1. Educação, justiça e inclusão social

    14.2. Modelos tradicionais de educação

    14.2.1. Antecedentes

    14.2.2. Formação do conhecimento

    14.2.3. Transmissão do conhecimento

    14.2.4. Agente responsável

    14.2.5. Adequação dos modelos às necessidades

    14.3. Conhecimentos e competências necessárias dos profissionais da Indústria 4.0

    14.4. Como deve ser estruturada a educação para a Indústria 4.0

    14.4.1. Novos métodos de aprendizagem

    14.4.2. O papel dos professores na Sociedade 4.0

    14.4.3. Equipamentos e tecnologia destinados à educação

    14.5. Conclusões

    15. Proposta de Sustentação da Inovação Por Meio do Fortalecimento do Campo da Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (Juliano M. Lopes, Antonio C. Rocca, Ana. P. D. Massera, Lucimara S. D’Ávila)

    15.1. Panorama dos mecanismos de fomento ao investimento no Brasil

    15.2. O campo da ciência, tecnologia, engenharia e matemática como fator determinante para o contínuo desenvolvimento tecnológico

    15.3. Um exemplo de proposta de um modelo de desenvolvimento tecnológico contínuo

    15.3.1. Proposta de eliminação de barreiras para as PMEs de engenharia e software na criação de máquinas mais inteligentes
    15.3.2. Proposta de eliminação de barreiras para as PMEs de engenharia e software no desenvolvimento de um uso mais eficiente da mão de obra
    15.3.3. Proposta de eliminação de barreiras para as PMEs de engenharia e software no desenvolvimento de matérias-primas mais baratas e melhores
    15.3.4. Proposta de eliminação de barreiras para as PMEs de engenharia e software na criação de métodos melhores

    15.3.5. Proposta de eliminação de barreiras para as PMEs de engenharia e software no desenvolvimento de um uso mais sustentável do meio ambiente
    15.4. Possibilidades de mercado global para as PMEs brasileiras

    15.5. Conclusão

    Conclusão (Sérgio D’Ávila, Ricardo Pelegrini, Bruno J. Soares, João E. P. Gonçalves)

    Posfácio. Um Pensamento Sistêmico Para o Brasil (Octavio de Barros)

    Informações Técnicas

    Nº de páginas:304
    Origem:Nacional
    Editora:Editora Brasport
    Idioma:Português
    Edição:1ª Edição
    Ano:2018
    ISBN:9788574528762
    Encadernação:Brochura
    Autor:Elcio Brito da Silva
  • Informações

Avaliação técnica sobre o livro

Olá! Seja Bem Vindo (a)!

Eu sou o Moderninho , o Mascote da Ciência Moderna Online!
Além de bonito, o novo site tem Minhas Dicas :) #ficaadica

A 1ª Dica é -> Deixe aqui seu contato para receber nossas
NOVIDADES, PROMOÇÕES E CUPONS DE DESCONTOS ;)

Navegue SEM Moderação!