Balanced Scorecard e a Gestão Estratégica: Uma abordagem prática

A estratégia desempenha um importante papel na realização dos objetivos de indivíduos, organizações, instituições e países. Sem uma consistente estratégia empresas e comunidades ficam reféns das circunstâncias, dos ciclos econômicos, dos movimentos competitivos, da limitação de recursos, da falta de imaginação e dos interesses menores de indivíduos e de políticos que não estão comprometidos com a criação de riqueza. Entretanto, o entendimento sobre a estratégia e sua execução não é uma tarefa simples. Isso exige o apoio de metodologias, ferramentas e aprendizado que facilitem seu domínio e aplicação por todos os indivíduos da organização. O Balanced Scorecard foi criado para suprir essa necessidade, e vem se transformando num dos principais sistemas de gestão estratégica da atualidade. Ele tem possibilitado a inúmeras empresas, instituições e governos no Brasil e no mundo todo traduzir suas estratégias competitivas em uma linguagem e em imagens – como o mapa estratégico – de fácil entendimento para a maioria dos colaboradores das organizações.

De: R$ 59,90Por: R$ 54,90

Preço a vista: R$ 54,90

Economia de R$ 5,00

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 54,90
Outras formas de pagamento

Quem viu este produto , comprou

  • 21 Erros Clássicos da Gestão de Projetos

    Por que projetos fracassam?
    Embora cada projeto seja uma aventura única e sem precedentes, muitos falham exatamente pelos mesmos motivos. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Gerenciamento de Projetos Aplicado - conceitos e guia prático

    O gerenciamento de projetos aplicado como você nunca viu! Neste livro você encontrará a apresentação e análise dos conceitos e melhores práticas do gerenciamento de projetos propostos no PMBOK® Guide do PMI e a demonstração passo a passo de como aplicá-lo em projetos reais. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Como Gerenciar Projetos de Construção Civil - Do orçamento à entrega da obra

    O livro traz as principais etapas do gerenciamento de projetos, com ênfase naquelas de maior importância na execução da obra, com exemplos e dicas para enfrentar os maiores desafios, desde as fases iniciais de elaboração de um orçamento e os meios de contratação até a sua entrega. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Negócio Baseado em Projetos (NBP)

    Este livro sugere pensar e implementar o negócio por projetos, que implica em uma nova forma de gerenciar projetos, uma visão que integra os projetos à estratégia da organização. Sugere a utilização de um PMO mais robusto e estratégico, uma gestão dinâmica de projetos e o uso da maturidade como mecanismo natural de melhoria do sistema de gerenciamento de projetos. A gestão dinâmica de projetos soma a visão de simplicidade trazida pelo uso de técnicas baseadas em canvas com técnicas consagradas advindas de boas práticas. Ela torna o negócio baseado em projetos uma realidade. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Gerenciamento Projetos Via Web com Microsoft Project Server 2002

    Resultado de uma pesquisa desenvolvida por profissionais que trabalham com o gerenciamento de projetos colaborativos, trata-se de um material que apresenta inovações na forma de gerenciar projetos. O Gerenciamento de Projetos Colaborativo requer trabalho em equipe. A idéia é compartilhar as informações por meio da Internet em todo tipo de desenvolvimento de projetos, possibilitando um rápido e efetivo acesso ao mercado e, conseqüentemente, uma redução de custo dos produtos e projetos. O livro é destinado a Gerentes de Projetos, Administradores de Sistemas e todos os profissionais que trabalham com gestão de projetos. Utilizando uma abordagem prática, é essencial para administradores e usuários que necessitam explorar a instalação, configuração e customização do Microsoft Project Server 2002. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • PMCD Framework – Estrutura de Desenvolvimento da Competência de Gerente de Projetos - 2ª Edição

    O PMCD Framework – Estrutura de Desenvolvimento da Competência de Gerente de Projetos (PMCD) Segunda Edição fornece um contexto genérico para a definição, a avaliação e o desenvolvimento da competência de gerente de projetos. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Gerenciamento de Projetos de Mapeamento e Redesenho de Processos - uma adaptação da metodologia Basic Methodware

    As reestruturações e implantações de processos nas organizações devem ser tratadas como projetos. Os métodos tradicionais de gerenciamento de projetos não estão atendendo às expectativas dos clientes, conforme resultado da pesquisa PMSURVEY.ORG, que comprova que os problemas mais comuns dos projetos são de comunicação. Devemos, então, abandonar os métodos tradicionais? Na verdade, não. É impensável achar que não precisamos fazer cronogramas, gerenciar riscos ou até mesmo combinar escopo. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Gestão Estratégica nas Pequenas e Médias Empresas

    Este livro apresenta ao empresário e executivo brasileiro um resumo acessível do que existe de mais relevante e atual no campo da gestão estratégica de negócios. Embora a abordagem seja prática e não acadêmica, estudantes de administração, contabilidade, marketing e engenharia poderão se aproveitar muito dessa publicação para orientar suas carreiras. Desenvolver desde os bancos escolares uma clara percepção do desafio gerencial pode fazer a diferença entre tornar-se um profissional mediano ou um verdadeiro líder empresarial, capaz de empreender e criar riqueza para si e para seus seguidores. Planejamento Estratégico, Conceito de Valor e Marca, Estratégia de Preço, Business Plan, Balanced Scorecard e muitos outros termos cunhados nas melhores escolas de negócios do mundo são aqui apresentados, explicados e acompanhados de exemplos que fazem sentido prático e ajudam a fixar conceitos. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Gestão de Megaprojetos: Uma Abordagem Lean

    O estudo e o desenvolvimento de megaprojetos em setores como o de petróleo e gás, mineração, siderúrgicas, termoelétricas, barragens, hidroelétricas, aeroportos, entre outros, têm sido objeto de grande atenção por parte de governos e grandes empresas no Brasil e no mundo. Ao mesmo tempo, na área acadêmica vem crescendo o interesse pelo tema. Essa atenção é justificada pelas características que esses projetos apresentam: alto nível de investimentos associado a grandes riscos, sofisticação das tecnologias envolvidas, alto impacto ambiental e social e multiplicidade de agentes envolvidos, fatores que tornam esses empreendimentos bastante complexos. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Análise de Valor Agregado 7ª edição

    O livro discute: Terminologia Avaliação dos Índices de Desempenho Previsões e Forecasting Aplicabilidade da técnica Termos e referências de Valor Agregado do PMBOK® Guide – 6ª Edição Utilização do Microsoft Project 2016 na Análise de Valor Agregado Estudos comparativos sobre modelos de projeção de custos finais do projeto ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Gestão Visual de Projetos: utilizando a informação para inovar

    Gestão Visual de Projetos é uma proposta que busca evitar desperdício de dinheiro, tempo e energia em reuniões improdutivas, relatórios intermináveis, burocracia desnecessária, processos e projetos confusos... Se você e sua equipe precisam evitar tudo isso e ao mesmo tempo almejam desenvolver soluções inovadoras, vocês precisam conhecer Lemming! Podemos antecipar que Lemming é uma proposta que visa disseminar princípios, processos e ferramentas que preconizem a visualização de informações e o pensamento visual para promover a inovação no Processo de Desenvolvimento de Projetos (PDP). ... Ler mais +

    QUERO VER
  • 51 Respostas e 1/2 sobre Agile e Gestão de Projetos

    Vitor Massari e Fábio Cruz, de forma descontraída, respondem a 51 perguntas comumente feitas no universo de gerenciamento de projetos e abordagens Agile. As perguntas estão agrupadas em capítulos como “Missão Impossível”, “Em Busca do Canvas Perdido”, “A Vida é Dura”, “Lenda Urbana”, “Liberdades Poéticas”, além dos sketches bem-humorados que iniciam cada capítulo. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Gerenciamento de Projetos de Preparação Esportiva - Passo a Passo para Elaborar um Plano de Projeto

    Conhecimentos e práticas da área de gerenciamento de projetos vêm dando mostras de sua capacidade de agregar valor a diferentes projetos em diferentes setores da atividade humana. Chegou a hora de empregar tudo isso no campo do esporte. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Controle de Projetos com Métricas: não deixe que seu projeto vire uma Melancia Atômica!

    Uma melancia se parece verde por fora, mas é vermelha por dentro. Assim como nos relatórios, alguns indicadores são apresentados em verde, mas deveriam estar vermelhos. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Garantia de Sucesso em Gestão de Projetos

    O objetivo deste livro é passar aos leitores um pouco da experiência vivida pelos autores no gerenciamento e planejamento de projetos de investimentos no campo da siderurgia, através de aplicações práticas de alguns conceitos seguidos de estratégias adequadas a projetos dessa natureza. ... Ler mais +

    QUERO VER

Quem viu este produto , também se interessou

  • Disrupção e Inovação: Como sobreviver ao nosso futuro acelerado

    Em Disrupção e Inovação, Joi Ito e Jeff Howe descrevem essa lógica em nove princípios organizadores para navegar e sobreviver a este período tumultuado. Seja estrategicamente abraçando os riscos em vez de mitigá-los (ou adotando o “risco acima da segurança”), seja buscando inspiração e ideias inovadoras em suas redes existentes (ou apoiar o “puxar acima do empurrar”), esse modelo dinâmico pode ajudá-lo a repensar sua abordagem sobre todas as facetas de sua organização. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Marketing para o Terceiro Setor

    O Terceiro Setor evolui no Brasil por meio da presença de entidades de grande porte, com níveis de profissionalismo que se comparam à iniciativa privada, mas, também, pela atuação de pequenas entidades fundadas nos princípios da boa vontade e da caridade, muitas vezes sem uma estrutura adequada. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Negócio Baseado em Projetos (NBP)

    Este livro sugere pensar e implementar o negócio por projetos, que implica em uma nova forma de gerenciar projetos, uma visão que integra os projetos à estratégia da organização. Sugere a utilização de um PMO mais robusto e estratégico, uma gestão dinâmica de projetos e o uso da maturidade como mecanismo natural de melhoria do sistema de gerenciamento de projetos. A gestão dinâmica de projetos soma a visão de simplicidade trazida pelo uso de técnicas baseadas em canvas com técnicas consagradas advindas de boas práticas. Ela torna o negócio baseado em projetos uma realidade. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Não Diga aos Outros o que Fazer: Ensine-os a pensar

    Não diga aos outros o que fazer se destina ao CEO que deseja ser mais eficaz ao inspirar sua equipe de liderança, mas só dispõe de alguns minutos por semana para falar com ela. Este livro também visa ao executivo que gostaria de ter um gerente para planejar com maior eficácia, mas não sabe como fazê-lo. E também ao gerente que deseja inspirar a equipe de vendas, mas ainda não sabe como. Ele se destina aos pais que desejam atingir novos níveis de comunicação e entendimento com os filhos. Líderes tranqüilos são mestres em revelar o melhor desempenho em outras. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Gestão de Mudanças Aplicada a Projetos: Ferramentas de Change Management para Unir PMO e CMO

    O objetivo de toda e qualquer organização é a obtenção de resultados em seu segmento de atuação. Resultados, sejam eles medidos em parâmetros econômicos ou não, são uma relação direta entre os benefícios obtidos pela organização versus o consumo de recursos aplicados. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • As Palavras Mais Comuns da Língua Inglesa: Desenvolva sua habilidade de ler textos em inglês - 2ª Edição

    A língua inglesa pode ser aprendida com diferentes propósitos e abordagens, entretanto poucos conhecem esse fato. O domínio completo da língua inglesa, que requer o desenvolvimento das habilidades de audição, fala, escrita e leitura, é um processo demorado, entre seis e oito anos de estudos e dedicação. Já a leitura, podemos dominar em um prazo consideravelmente mais curto, entre seis meses e um ano, dependendo de nosso interesse e motivação. No Brasil, em nossas atividades diárias, raramente necessitamos nos expressar fluentemente na língua inglesa. O que precisamos, na maioria das vezes, é compreender textos em inglês, seja para obter informações na Internet, compreender literatura técnica especializada ou desempenhar outras funções rotineiras, tais como a leitura de correspondências. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Explicando Física e Química

    Neste livro, assuntos básicos da Física e Química são apresentados de modo direto, o que permite a compreensão dos temas e a aplicação de conceitos. “Explicando Física e Química” é um livro de fácil leitura e que apresenta, de forma simples, 25 tópicos de Ciências. Para facilitar o entendimento, são utilizados recursos de imagens, como figuras, esquemas e gráficos. São abordados conceitos como força, leis de Newton, gravitação, teoria da Relatividade, estrutura atômica, íons, ligações químicas, estequiometria, Química Orgânica, polímeros, estrutura cristalina, nanomateriais, gases perfeitos, eletricidade, eletromagnetismo, radiação e o Big Bang (a grande explosão inicial que deu origem ao universo). ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Primeiros Passos com Soldagem: Um guia prático para fazer conexões elétricas e mecânicas

    Este livro oferece orientações quanto às técnicas para uma boa soldagem, dá conselhos sobre a escolha do ferro de solda correto e mostra como corrigir erros e refazer conexões ruins. A obra inclui até mesmo diretrizes sobre técnicas avançadas, como soldagem de componentes com montagem em superfície (surface mount). ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Internet das Coisas com ESP8266, Arduino e Raspberry Pi

    A Internet das Coisas (Internet of Things - IoT), está se tornando realidade. Os módulos de hardware para implementar IoT já estão disponíveis a um custo factível para aplicação. Um microcontrolador, em particular, o ESP8266, virou uma opção extremamente interessante devido a seu custo muito reduzido e aos seus recursos, suficientes para diversas aplicações de IoT. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Gestão Visual de Projetos: utilizando a informação para inovar

    Gestão Visual de Projetos é uma proposta que busca evitar desperdício de dinheiro, tempo e energia em reuniões improdutivas, relatórios intermináveis, burocracia desnecessária, processos e projetos confusos... Se você e sua equipe precisam evitar tudo isso e ao mesmo tempo almejam desenvolver soluções inovadoras, vocês precisam conhecer Lemming! Podemos antecipar que Lemming é uma proposta que visa disseminar princípios, processos e ferramentas que preconizem a visualização de informações e o pensamento visual para promover a inovação no Processo de Desenvolvimento de Projetos (PDP). ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Planejamento Estratégico e Alinhamento Estratégico de Projetos: um guia prático aplicando os modelos SPCanvas e PSACanvas

    O presente livro nos brinda com uma abordagem simples e prática para o desenvolvimento de planejamento estratégico e priorização e seleção de projetos utilizando a contemporânea técnica de painel (canvas), que permite um trabalho colaborativo, ágil e de forte apelo comunicacional. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Headphone supra-auricular Beats EP Vermelho - ML9C2BE/A

    PROMOÇÕES

    R$ 549,90 ou 3x de R$ 183,30

    O Headphone supra-auricular Beats EP oferece som da mais alta qualidade. Seu design sem bateria oferece reprodução ilimitada. E sua estrutura elegante e resistente é reforçada com aço inoxidável leve. O Beats EP é ideal para os apaixonados por música em busca de uma experiência dinâmica de áudio. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Desafios e Enigmas: Uma forma descontraída de colocar à prova seu raciocínio

    Você consegue cortar uma torta em oito pedaços fazendo apenas três cortes? Você sabe qual número tem raiz quadrada maior do que ele mesmo? Você conhece alguém cujo avô é mais jovem que o pai? Essas são apenas algumas das questões que o deixarão intrigado nesta obra. Com o livro Desafios e Enigmas, você poderá testar e aprimorar sua inteligência por meio da interpretação e resolução de desafios, enigmas, charadas e testes de lógica. O livro está repleto de problemas interessantes, muitos deles ilustrados e apresentados de uma forma totalmente descontraída. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Lógica de Programação e Algoritmos com JavaScript: Uma introdução à programação de computadores com exemplos e exercícios para iniciantes

    Os conteúdos abordados em Lógica de Programação e Algoritmos são fundamentais a todos aqueles que desejam ingressar no universo da Programação de Computadores. Esses conteúdos, no geral, impõem algumas dificuldades aos iniciantes. Neste livro, o autor utiliza sua experiência de mais de 15 anos em lecionar a disciplina de Algoritmos em cursos de graduação, para trabalhar o assunto passo a passo. Cada capítulo foi cuidadosamente planejado a fim de evitar a sobrecarga de informações ao leitor, com exemplos e exercícios de fixação para cada assunto. ... Ler mais +

    QUERO VER
  • Descrição
    Balanced Scorecard e a Gestão Estratégica: Uma abordagem prática
  • Sobre o Autor
  • Especificação

    Características

    Tipo de LivroLivro Físico

    Especificações

    Sobre o AutorEmílio Herrero Filho

    Emílio Herrero Filho é consultor de empresas, escritor e sócio-diretor da Herrero Consultoria Empresarial, com grande experiência nas Áreas de Estratégia Empresarial, Balanced Scorecard e Inovação de Valor. Liderou projetos em grandes empresas nacionais e internacionais como: Mahle Metal Leve, Grupo Raymundo da Fonte, Kantar Ibope Media, Petrobras, Tirolez Laticínios, Hospital Santa Teresa, Grupo Zema, Planisa, Banco Petra, Santa Casa de Misericórdia de Passos, Magal Indústria e Comércio, Unimed São Paulo, Instituto Ethos de Responsabilidade Social, entre outras. Ocupou cargos executivos em corporações como, Telesp (Telefônica), Banco de Investimentos do Unibanco, Hospital Santa Catarina, Pirelli, Grupo ASSA, Grupo Estado e Agência Estado. Trabalhou como consultor da Arthur D. Little, empresa de consultoria internacional. Tem experiência internacional em projetos na área de acessórios para veículos e no setor de materiais para construção civil nos Estados Unidos.

    Atuou como professor convidado da HSM Educação para as disciplinas Estratégia e Execução da Estratégia, do Curso de Pós-Graduação da FIA - Fundação Instituto de Administração, do Curso de Pós-Graduação do Instituto Mauá. É também autor do livro Pessoas Focadas na Estratégia: as Disciplinas da Execução da Estratégia, primeiro livro de autor brasileiro sobre a execução da estratégia. Realizou palestras para grandes empresas nacionais e internacionais, em universidades, na Expo Management, no PMI - Project Management Institute e no Six Sigma Brasil. Cursou o mestrado em Administração de Empresas pela FEA- Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo; concluiu o curso de Especialização em Gestão do Conhecimento pela FGV, do Curso de Formação de Conselheiros de Empresas pelo IBGC-Instituto Brasileiro de Governança Corporativa e do curso de pós-graduação do APG-AMANA MBA-Executivo Internacional. É graduado em Administração de Empresas pela Universidade Mackenzie e História pela USP-Universidade de São Paulo.
    Informações TécnicasSUMÁRIO
    Introdução. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .xiii

    CAPÍTULO 1
    A Gestão Estratégica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1
    Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2
    O que Significa Gestão Estratégica?. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2
    O que é Estratégia? . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
    Sun Tzu: A Estratégia como Arte de Guerra . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7
    Henry Mintzberg: A Estratégia como a Criatividade do Artesão. . . . . . . 8
    Peter Drucker: A Arte de Colocar o Cliente no Centro da
    Estratégia. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .10
    Gary Hamel e C.K. Prahalad: A Estratégia como Regeneração
    e Revolução. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12
    Michael Porter: A Estratégia como a Arte de ser Diferente . . . . . . . . . 14
    Kaplan e Norton: A Estratégia como a Arte da Execução. . . . . . . . . . . 17

    CAPÍTULO 2
    O Balanced Scorecard como um Modelo de Gestão Estratégica. . . . . . . . . . . 21
    O Significado da Estratégia Baseada no Balanced Scorecard. . . . . . . . . . . 22
    As Dificuldades para Implementação da Estratégia . . . . . . . . . . . . . . . 22
    A Gestão da Estratégia Baseada no Balanced Scorecard. . . . . . . . . . 23
    Contexto Empresarial para a Criação do Balanced Scorecard. . . . . . . . . . . 24
    Definindo o Balanced Scorecard . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25
    As Perspectivas do Balanced Scorecard refletem a Estratégia
    da Empresa. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .30
    Os Princípios de uma Organização Orientada para a Estratégia . . . . . . . . . 33
    A Nova Linguagem dos Negócios introduzida pelo
    Balanced Scorecard . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 36
    O Significado dos Principais Conceitos do Balanced Scorecard . . . . . . . . 38

    CAPÍTULO 3
    Construindo o Balanced Scorecard. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .43
    A Missão e a Visão: Os Pontos de Partida do Balanced Scorecard . . . . . . 44
    Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .44
    A Missão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .44
    A Visão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .46
    Análise do Cenário dos Negócios . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 48
    Análise SWOT da Empresa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50
    A Análise das Forças Competitivas e as Perspectivas de Valor . . . . . . . . . . 51
    Força 1: Ameaça de Entrada . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52
    Força 2: Intensidade da Rivalidade entre os Concorrentes
    Existentes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .53
    Força 3: Ameaça de Produtos Substitutos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 53
    Força 4: Poder de Negociação dos Compradores . . . . . . . . . . . . . . . . 54
    Força 5: Poder de Negociação dos Fornecedores . . . . . . . . . . . . . . . . 55
    A Cadeia de Valor e as Perspectivas de Valor do
    Balanced Scorecard . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 57
    Análise das Alternativas Estratégicas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 59
    Fatores-Chave para o Sucesso. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60
    A Vantagem Competitiva . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 61

    CAPÍTULO 4
    As Perspectivas de Valor do Balanced Scorecard . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 63
    Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .64
    As Perspectivas estimulam o Diálogo sobre a Estratégia . . . . . . . . . . . . . . . 64
    Traduzindo a Missão e a Visão em Temas Estratégicos. . . . . . . . . . . . . . . . . 67
    Traduzindo a Missão em Diálogos nas Perspectivas de Valor. . . . . . . . . . . . 70

    CAPÍTULO 5
    A Perspectiva Financeira. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .73
    Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .74
    A Gestão Baseada em Valor e a Perspectiva Financeira do
    Balanced Scorecard . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 76
    O Método do Fluxo de Caixa Livre . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 77
    O Método do Valor Econômico Agregado (EVA) . . . . . . . . . . . . . . . . . 79
    O Método do CFROI – Retorno sobre o Investimento
    Base Caixa. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .82
    Os Direcionadores da Gestão Baseada em Valor e o Balanced
    Scorecard. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .85
    Os Direcionadores de Valor e a Estratégia de Negócios . . . . . . . . . . . 88
    Medindo o Valor das Estratégias. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90
    Os Objetivos Estratégicos da Perspectiva Financeira . . . . . . . . . . . . . . . . . . 94

    CAPÍTULO 6
    A Perspectiva do Cliente. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .99
    Introdução. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .100
    O Valor do Cliente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 101
    O Valor Percebido pelo Cliente. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 102
    O Valor da Marca . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 105
    O Valor da Retenção: Fidelização do Cliente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 106
    A Proposição de Valor para o Cliente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 110
    Principais Objetivos da Perspectiva do Cliente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 114
    Identificando os Objetivos Estratégicos da Perspectiva
    do Cliente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 114
    Selecionando os Objetivos Estratégicos na Perspectiva
    do Cliente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 116
    Exemplo de Mapa Estratégico com Ênfase na Perspectiva
    do Cliente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 117
    CAPÍTULO 7
    A Perspectiva dos Processos Internos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .119
    Introdução. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .120
    A Execução da Estratégia . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 121
    Os Principais Processos de Negócios na Perspectiva do Balanced
    Scorecard . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .124
    O Processo de Inovação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 125
    O Processo de Produção e Operações. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 138
    As Redes de Valor Agregado: A Gestão da Cadeia
    de Suprimentos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 142
    Processos de Gestão de Clientes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 144
    Principais Objetivos da Perspectiva dos Processos Internos . . . . . . . . . . . 151

    CAPÍTULO 8
    A Perspectiva da Aprendizagem e do Crescimento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 155
    Introdução: O Valor do Empregado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 156
    O Comportamento Empreendedor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 159
    A Motivação à Aprendizagem e Gestão do Conhecimento. . . . . . . . . . . . . 163
    A Aprendizagem Organizacional . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 163
    A Gestão do Conhecimento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 167
    A Gestão das Competências . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 175
    O Compromisso com a Inovação e a Renovação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 183
    O Papel da Tecnologia da Informação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 188
    Principais Objetivos da Perspectiva de Renovação e Crescimento. . . . . . 192
    Identificando os Objetivos Estratégicos na Perspectiva
    de Renovação e Crescimento. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 192
    Selecionando os Objetivos Estratégicos na Perspectiva
    de Aprendizagem e Crescimento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 194
    Exemplo de Mapa Estratégico com Ênfase na Perspectiva
    de Aprendizagem e Crescimento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 195

    CAPÍTULO 9
    Construindo o Balanced Scorecard: Os Mapas Estratégicos . . . . . . . . . . . . . 197
    Introdução. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .198
    O Líder Mobiliza as Pessoas com as suas Histórias . . . . . . . . . . . . . . . . . . 199
    Definindo os Mapas Estratégicos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 201
    A Estratégia como Hipóteses sobre a Realidade . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 204
    A Estratégia precisa ser Traduzida em Objetivos Integrados entre si . . . . 205
    A Estratégia como Relações de Causa e Efeito. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 207
    Construindo o Mapa Estratégico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 208

    CAPÍTULO 10
    Lições Aprendidas com a Implementação do Balanced Scorecard . . . . . . . 223
    Introdução. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .224
    Entrevista com David Kallás, da Symnetics Educação. . . . . . . . . . . . . . . . . 225
    Bibliografia . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .237

    Informações Técnicas

    Nº de páginas:264
    Origem:Nacional
    Editora:Editora Alta Books
    Idioma:Português
    Edição:1ª Edição
    Ano:2018
    ISBN:9788550802121
    Encadernação:Brochura
    Autor:Emílio Herrero Filho
  • Informações

Avaliação técnica sobre o livro

Olá! Seja Bem Vindo (a)!

Eu sou o Moderninho , o Mascote da Ciência Moderna Online!
Além de bonito, o novo site tem Minhas Dicas :) #ficaadica

A 1ª Dica é -> Deixe aqui seu contato para receber nossas
NOVIDADES, PROMOÇÕES E CUPONS DE DESCONTOS ;)

Navegue SEM Moderação!